Confira formas de reduzir custos através da manutenção predial

Compartilhe nossos artigos

Um dos desafios do gestor predial é tomar medidas e realizar cortes que precisam ser feitos, mas que não atrapalhe o andamento do prédio e que não prejudique os trabalhos de operação e manutenção do local.

Quando falamos em reduzir custos, logo vem em mente a redução de mão de obra, renegociação de contrato com fornecedores e, até mesmo, eliminar o cafezinho do dia a dia. No entanto, melhorar processos também é uma excelente forma de economizar custos.

O profissional de facilities que consegue enxergar a gestão de manutenção como estratégia para a empresa, é capaz de melhorar o desempenho das suas máquinas, setores e equipes, e assim reduzir custos não apenas temporários, mas, também, contribuí para o aumento do desempenho do negócio.

Confira a seguir como fazer mudanças e criar novos hábitosque podem manter o edifício em pleno funcionamento e ainda reduzir custos.

 

Faça um bom plano de manutenção predial

A falta de planejamento resulta na compra de materiais e requisição de serviços de última hora e essa urgência aumenta significativamente os custos dos processos. Ao fazer e aplicar um plano de manutenção preventiva, a sua empresa reorganiza processos e evita a aquisição de serviços e materiais não planejados.

Para fazer um bom trabalho preventivo, é preciso que o planejamento de ações conte com roteiros de manutenção, cronograma com todas as atividades de manutenção e, principalmente, registrar tudo que está sendo feito para gerar dados analíticos para tomadas de decisão estratégicas. Ao controlar as atividades você gera dados que se transformam em mudanças e impactam diretamente na rentabilidade do negócio. Dessa forma, os processos são melhorados e muitas atividades deixam de ser, para apagar incêndios e, passam a ser mais planejadas.

Fiscalização de manutenção  
Organizar as atividades e verificar o que foi feito pode dar trabalho, mas é sempre bom lembrar, que a falta do acompanhamento de tudo que é feito no prédio pode dar brecha para chamados não atendidos, reparos esquecidos, demora nos consertos e no final tudo terminar em gastos com manutenções corretivas. Manter os dados organizados e a fiscalização das atividades em dia ainda prolonga a vida útil de equipamentos e setores.

Economia de água
Checar periodicamente se há vazamentos, verificar as bombas dos reservatórios de água evitam problemas e diminuem a conta final. É necessário, também, instruir os funcionários responsáveis e usuários sobre o uso correto da água e aplicar a sustentabilidade nas atividades diárias.

Economia de energia elétrica
Falta de vistoria e manutenção de equipamentos podem sobrecarregar a energia elétrica predial e aumentar consideravelmente as contas mensais. A instalação de sensores de presença em ambientes que são possíveis, a modernização de elevadores e geradores são saídas geralmente adotadas e escolher por lâmpadas fluorescentes e comuns por LED, que duram aproximadamente 8 anos, ajudam na missão de economizar.

Utilizar a luz natural abrindo janelas, cortinas e persianas, nos ambientes que são possíveis, economiza energia. Nos estacionamentos ou locais nos quais a reprodução das cores não é preponderante, é possível substituir as lâmpadas comuns por lâmpadas de vapor de sódio a alta pressão (VSAP). Elas são altamente econômicas se comparadas com as lâmpadas de luz mista e vapor de mercúrio. Trocar uma lâmpada de luz mista por uma de vapor de sódio, por exemplo, mantém o nível de iluminação e reduz o consumo de energia em 70%. No caso da substituição da de vapor de mercúrio a redução é de 50%.

Em jardins e halls de entrada é recomendado a utilização de lâmpadas fluorescentes compactas ou halógenas para ter a melhor reprodução de cores. Para o controle das lâmpadas, recomenda-se usar relés fotoelétricos, porque os acendimentos e os desligamentos acontecerão automaticamente ao anoitecer e ao amanhecer, evitando o consumo desnecessário de energia.

As medidas educativas como campanhas de uso consciente de energia elétrica também resultam em economia de custos ao longo do tempo.

Inicialmente pode parecer pouco, mas essas medidas representam uma grande economia na conta do prédio.

Materiais de consumo obrigatório no dia a dia
É preciso encontrar os melhores preços de materiais de limpeza, higiene e outros suplementos. Outro ponto importante para a economia de material de uso diário é o seu controle periódico feito pelos responsáveis do setor, tendo um acompanhamento do estoque e análise se há ou não desperdício do material. A equipe envolvida deve ser orientada sempre para administrar e utilizar esses materiais da melhor forma possível.

Elevadores  
Divulgue, através de materiais visuais, a melhor forma de utilizar esse meio de transporte. Mantenha a manutenção do equipamento em dia e a realize nos horários de menos uso, para evitar problemas, manutenções corretivas ou até mesmo um acidente com um usuário do prédio.

Estude a possibilidade de desligar diariamente um dos elevadores, de maneira alternada, no horário de menor circulação do edifício, por exemplo, das 22h às 6h e, também, nos domingos e feriados.

Conforme a área de atuação da empresa ainda é possível reaver outros processos para economizar custos de operação e, ao mesmo tempo, melhorar a produção da sua principalmente atividade. Em outros casos é necessário simplesmente cortar algum custo ou despesa fixa sem que ocorra melhoria em processos, mas sempre que possível, olhe para as diferentes atividades internas da empresa, tente entender como as áreas podem ter um papel mais estratégico através de processos mais planejados e organizados para maximizar a rentabilidade do negócio.

Tornar essas dicas em hábitos proporcionará um ambiente agradável, atrativo e em pleno funcionamento aos usuários, clientes ou moradores da empresa, além também do gestor de manutenção e operação predial alcançar a meta de reduzir os custos de operação.

Software de Operação e Manutenção de Facilities

Além de reduzir os custos através da mudança de processos, contar com as soluções de um software de gestão de manutenção predial é garantir a otimização de todas as atividades, das diferentes equipes até a pontualidade dos fornecedores com seus serviços. O software de O&M de facilities do Leankeep ainda realiza a mensuração de todos os dados cadastrados, como de equipamentos, atividades rotineiras e o desempenhos de equipes, através de indicadores e relatórios confiáveis para o gestor predial realizar tomadas de decisões cada vez mais assertivas. Conheça todos os benefícios do Software  para Operação e Manutenção de facilities e solicite uma demonstração.

Fonte: Condomínio SC


Compartilhe nossos artigos

Este conteúdo foi útil?